terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Roupa velha ou farrapo velho - hummm tão bom!

No dia 25 de Dezembro, lá em casa, não pode faltar a roupa velha. Alias durante o ano inteiro sempre que faço o tradicional bacalhau cozido com todos já faço um pouquinho mais para depois fazer a tal roupita velha hihihihi. Os miúdos detestam, eu e o maridão adoramos. Faz me lembrar a minha infância em casa dos meus avós maternos. Em casa dos meus avós paternos, por exemplo, gostavam tanto que á meia noite do dia 24 já se comia a roupa velha! Há várias formas de a fazer. A minha mãe faz-a condimentada com cominhos e vinho tinto. A minha sogra esmaga as batatas á mão e depois acrescenta para alem das couves e do respectivo bacalhau (claro) alguma agua de cozer o bacalhau. Eu e o marido gostamos dela bem mais simples se houver ainda molho fervido utilizo-o, se não houver faço-a apenas com azeite de boa qualidade ;)
O molho fervido não é mais do que:

- azeite q.b.

- 1 cebola cortada ás rodelas

- 2 dentes alho picadinhos

- pitada de pimentão doce

- 1 folhinha de louro

Leva-se o azeite, a cebola, o alho e o louro ao lume. Quando a cebola ficar transparente colocar o pimentão e uma pinguinha de agua ou vinho branco. Está pronto. Este molho é óptimo para acompanhar bacalhau cozido mas também para peixe cozido. Experimentem ;)

Voltando á nossa roupa velha, podia muito bem fazer parte das receitas - mais fácil não há! :)

Photobucket
(na panela ainda fumegante)

Photobucket

(Pronta a servir)

As quantidades são dificeis de definir, é o que sobra hihihihi

- Azeite ou molho fervido q.b.

- Batata cozida cortada aos pedacinhos

- Bacalhau cozido desfiado e sem espinhas

- couves cozidas cortadas aos pedacinhos.
Levar o azeite a aquecer (se gostar pode picar uma cebolinha, eu não acho necessário) ou o molho fervido, acrescentar o bacalhau, as batatas e as couves. Reduzir a chama do lume e deixar o preparo envolver-se bem uns minutinhos mais. Depois é sentar-se confortavelmente e apreciar esta delicia!
Photobucket
Photobucket
(já no pratinho pronta a ser devorada)
Apreciação: Sou suspeita mas digo-vos que é simples e delicioso. A mistura do bacalhau, da batata e da couves unidas ao leve sabor do azeite é simplesmente divinal. Produtos simples e bem portugueses que fazem toda a diferença.
Fonte: Em todas as cozinhas portuguesas.
Já agora lanço o desafio: e vocês como fazem a vossa roupa velha?

6 comentários:

Anónimo disse...

NANDA:

CONSIDERE-SE POCESSADA.

ISTO NÃO SE FAZ A ESTA HORA. ROUPA VELHA QUE EU ADORO.
MEU DEUS QUANTA MALDADE :):):):):):)

PARABÉNS PELO SEU BLOG E PELA SUA BOA DISPOSIÇÃO.
BJS
ANA CALDEIRA

ANAILDEFONSO@HOTMAIL.COM

Anónimo disse...

NANDA

EU QUERIA DIZER PROCESSADA, MAS A ROPA VELHA, DEIXOU-ME COMPLETAMENTE DESATINADA.

BJS

ANA

receitinhas da belinhagulosinha disse...

adoro roupa velha.dos melhores pratos k eu gosto de comer...bjokas

risonha disse...

no dia de natal também fizemos roupa velha, pois desde que fiz o ano passado pela primeira vez o meu sogro ficou fã.
eu a minha faço de forma bastante simples: pico todos os restos de bacalhau, couves, etc em pedaços miudinhos, levo um tacho ao lume com bastante azeite e alho picado, deixo o alho fritar um pouco e adiciono "os farrapos", mexendo sempre para que se vão desfazendo e para que fiquem bem envolvidos. no final acrescento bastantes cominhos, pois acho que é o que dá o sabor característico....
não sei se faço da forma mais correcta, mas esta é a maneira que nós gostamos

bombom disse...

A "Roupa Velha" de que tanto tenho ouvido falar não faz parte das minhas memórias. Será por ser nada e criada em Lisboa?...Mas com esta receita e tal apresentação, fica na lista para as próximas sobras de bacalhau! Como sou preguiçosa, quando há sobras faço um molho béchamel,com salsa e as lascas do dito e recheio uns pastelinhos de massa folhada!!! Beijinhos.

anna disse...

Gostei tanto da receita do molho fervido, Nandinha...
E roupa velha é, como tu dizes, do melhor que há!
Beijinhos.