quinta-feira, 13 de março de 2008

Torta deliciosa do género "fica sempre bem"!

Sábado á tarde tinha programado fazer rissóis para congelar (posto a receita amanha). A minha cunhada que tem uma maquina de estender massa e é especialista nessa arte prontificou-se a vir ajudar-me. Simpática a cunhadinha não é?! Obrigada Dite! Só viria á tarde devido ao jogo de futebol do filhote, já vos falei deste super futebolista! E como havia mais um priminhos e os meus filhotes que tinham ido fazer de claque, pensei: esta juventude vai vir esfomeada tenho que fazer algo para um lanchinho... O tempo não era muito e já estava de volta dos recheios para os rissóis... Tinha que ser rápido, delicioso e pouco trabalhoso... Hummm nada melhor do que a minha torta do género "mais fácil não " e "fica sempre bem".
Arregacei as mangas e em menos de meio hora tinha o resultado final:
Photobucket
Quando entraram em casa vieram logo atras do cheirinho bom que se espalhava pela casa. Escusado será dizer que levou pouco minutos em desaparecer, ficando apenas umas tristes migalhas no prato hihihihi Mas a satisfação colectiva foi mais do que suficiente para que esta torta fique para sempre na minha lista dos top 10!
Vamos precisar de:
- Ovos, claras e gemas separadas
- O mesmo nº de colheres de açúcar
- O mesmo nº de colheres de farinha (embora roube sempre uma se não usar sumo de laranja)
- Perfume a gosto: raspa e sumo de laranja ou limão, baunilha ou chocolate (juntar algumas colheres de chocolate em pó, farei em breve) ou outro
- Recheio: Nutela, doces várias, marmelada, geleia, creme de pasteleiro, doce de ovos etc...
Para esta torta usei 8 ovos e de recheio nutela
Bater as gemas com o açúcar até a mistura ficar fofa e esbranquiçada. Juntar o perfume e mexer bem. Acrescentar a farinha peneirada em chuva envolvendo bem. Bater as claras em castelo firme com uma pitada de sal. envolver o terço das claras para humedecer bem a mistura. Juntar as restantes claras envolvendo com delicadeza. Forrar um tabuleiro (uso o do forno) com papel vegetal. Uso da Glad, parece que ouço a nossa amiguinha Bombom dizendo que não é necessário manteiga, nem suja as mãos. Concordo plenamente! Deitar a massa. Espalhar bem e endireitar. Vai ao forno cerca de meia hora. Polvilha-se um pano de cozinha com açúcar (usei glace) e virar o tabuleiro com cuidado. Descolar o papel vegetal. Quando é doce ou nutela, barro logo pois vai derreter e embeber a torta e enrolo imediatamente. Se for doce de ovos ou recheio mais delicado enrolo no pano de cozinha até arrefecer e só depois recheio. Para formar a torta basta com a ajuda do pano enrolar. Não parte enrola muito facilmente. Não se pode deixar arrefecer para enrolar bem. Reparem que bem que fica. Aqui com uma faca quente desenhei um gradeamento. Aparar as pontas para uma apresentação perfeita!
Photobucket
Photobucket
Photobucket
Apreciação: Adorei a combinação do sabor da laranja da torta com o recheio de nutela. Hummmm muito bom. Esta torta fica sempre fofinha e leve combinando sempre muito bem com qualquer tipo de recheio. Basta usar a imaginação. Recomendo para lanches ou sobremesas rápidas.
Fonte: Nem sei lembro-me de fazer esta torta desde que me conheço por gente :~)

7 comentários:

Anónimo disse...

Numca consegi fazer tortas na hora de enrolar a massa estala...esta tem um aspecto delicioso!!!

Bjs
Maria

Baguinho disse...

Esta eu vou, fazer.
Calha bem, na próxima semana tenho um aniversário cá em casa.
Só espero que não estale... :(
Aproveito para agradecer as deliciosas receitas que apresenta.
Saem sempre bem.
Beijocas.
Baguinho

risonha disse...

Nandinha... que delícia.... posso tirar uma fatia?

ĵåииå jōåиïņhå disse...

huuum que delícia !! e boa combinação de sabores...

Anónimo disse...

As tortas fazem-me sempre lembrar a minha infância...e eram sempre com recheio de marmelada. A minha Mãe (hoje com 92 anos muito "jovens") punha-a num tachinho com um cálice de Vinho do Porto e levava ao lume para derreter e envolver bem. Não sei se era por sermos gulosos (os 9 irmãos), mas era um regalo!!!
O segredo para uma torta não partir ao enrolar é não deixarem cozer demais: 15 minutos em forno médio é suficiente.Bjs Bombom

Alcina disse...

Olá Nanda
Ás unicas tortas que consegui fazer até hoje sem partir foram as de amendoa e cenoura que ficam molhadinhas....Vou experimentar esta para Vêr se consigo ;-)

Anónimo disse...

mas que blog espectacular que tens aqui, os teus bolos são uma maravilha. PARABÉNS!!!!!!!!!