quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Douradinha no forno

Já vos falei da valentia das super heroínas mães/donas de casa. Precisam ter super poderes para conseguir fazer tudo desde o jantar, a cuidar dos filhos, do marido, da casa, das roupas, das compras e ainda ter um tempinho para elas. A minha cunhada Ilda é uma dessas super mulheres. dias comentava com o meu marido que estranhava não ter noticias suas. Ela é muito chegada a família e sempre muito preocupada com todos (um amor) e como está longe, telefona quase todas as semanas para saber como estamos. Depois entusiasmamos-nos com a conversa e esquecemos-nos do tempo passar. Se fossemos irmã se calhar não éramos tão parecidas :) voltando ao nossos assunto. Resolvemos telefonar para saber se estava tudo bem. Sim estava tudo bem apenas encontrava-se atarefadissima com a festa de natal que organiza para a 3ª idade portuguesa (eu não disse que ela era fantástica) E como o tempo não estica o tempo dela estava contado ao segundo. Ri-me tão longe uma da outra, no entanto com os mesmo problemas. Estou a organizar uma feira de artesanato no próximo fim de semana, onde também participo. Nesta altura os dias deveriam ter para mim, para a minha cunhada e para muitas outras super mulheres espalhadas pelo mundo, 48 horas. A minha cozinha está transformada em atelier. Se acrescentarmos a isto uns marmelos que o marido trouxe e que me pediu com tanta gentileza para fazer a marmelada antes que se estragassem, temos um um serão super animado e uma cozinha virada do avesso. Faz-me lembrar uma publicidade que passa na rádio. Acordamos a correr, tomamos o pequeno almoço a correr, vamos para o trabalho a correr, fazemos o trabalho a correr, cuidamos dos filhos a correr, beijinhos ao marido a correr e dormimos a correr. Se acrescentarmos estas tarefas extras a correr, então precisamos mesmo das tais vitaminas de que a publicidade fala, que tomaremos a correr claro.
Neste dias precisamos de fazer pratinhos que não dêem muito trabalho. É quando abençoo o forno e os assados. Prepara-se e o fornozinho faz o resto. Hoje douradinha no forno. Aqui estão as vedetas de hoje
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Vamos ás compras:
- 1 douradinha por pessoa
- batatas q.b. descascadas e cortadas ao cubos
- 1 pimento vermelho cortado aos quadradinhos
- 1 cebola
- 3 dentes de alho
- 1 alho francês cortado ás rodelas
- 2 tomates frescos sem peles nem grainhas cortado aos quadradinhos
- 1 tirinha de bacon cortado aos quadradinhos
- 1 colher de café de pimentão
- louro e ervas de Provença
- Azeite q.b
Arranjar o peixe e escama-lo. Temperar de sal. Na barriga colocar algumas ervas aromáticas e algum bacon. Fazer uma cama do tabuleiro com a cebola, o alho, o alho francês, o tomate, o pimento e o resto do bacon. colocar o peixe e regar com um fiozinho de azeite. Temperar as batatas com sal, o pimentão, ervas e também regar com um pouquinho de azeite. Envolver bem e deitar no tabuleiro. Acrescentar 1/2 copo de agua. Levar ao forno até estar tudo bem cozidinho.
Antes de ir ao forno:
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Depois:
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Apreciação: Fica um peixe muito saboroso. Os meus filhos e marido comem no sem reclamar mesmo não sendo grandes apreciadores de peixe. Portanto é bom de certeza absoluta. Vejam:
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Fonte: Todas as cozinhas portuguesas

6 comentários:

Fátima (cemporcentoacucar.blog.com) disse...

Também deixo aqui o meu comentário...a correr!!
Receita aprovada!

m@ria...m@rie...m@ry disse...

essa dourada esta mesmo bonita... e fica tao bem em assado! ha ja muito que na como um assado de peixe... se calhar éporque tambem estou sempre a correr!!! :D:D

beijinho grande

cupido disse...

A dourada é um peixe bastante versátil e essa no forno esta no ponto. (às vezes faço em sal, fica uma delícia).

risonha disse...

adorei o peixinho... mas como sempre vibrei ao ler o que escreves antes das receitas.

vilas boas disse...

Muitos parabéns pelo seu blog esta muito bonito. O meu marido quando viu o prato da dourada assada ficou com água na boca.
Devia estar deliciosa, ao contrário do seu marido ele é um grande apreciador de peixe.
Fico contente por saber que gostou dos meus trabalhos.
BEIJINHOS CLAUDIA VILAS BOAS

Anónimo disse...

1959fuxicoeu sou suspeita ... gosto de tudo e melhor ainda já provei alguns.
é a vantagem de ter amigas que gostam de cozinhar.bjs.