terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Tartezinhas deliciosas de pêssego

O solinho continua! :) No entanto um manto de geada muito branquinha cobria tudo está manha. As luzinhas coloridas enfeitam varandas e janela, o piscar de luzes e as decorações um pouco por todo o lado não enganam ninguém cheira mesmo a natal! Época que eu ADORO. Já pensei diferente. Na minha adolescência e depois no inicio da minha vida adulta, essa época tinha perdido a sua magia. Mas tudo mudou depois de me tornar mãe! Ver o mundo através dos olhos dos nossos filhos transforma-o num mundo muito mais alegre, colorido e mágico. O Natal ganhou nova vida e ainda se tornou mais belo. Hoje acho que sou pior do que os meus filhos. Faço questão de cumprir todas as tradições á letra implementando lhes esse culto também. E acho que consegui pois eles participam em tudo com uma alegria contagiante. Na noite de natal por exemplo tem que estar tudo a preceito. A mesa tem que estar muito bem posta. Usamos a melhor louça, os melhores copos. Acendemos velas. Colocamos musicas natalícias. A lareira é acesa. Ajudam na cozinha. Tudo tem que estar perfeito. A Ana faz mesmo questão de colocar marcadores com os respectivos nomes e pequenas dedicatórias. Estes pequenos cartões depois são usados para saber em que ordem são abertos os presentes. Assim conseguimos ver o que cada um recebe e comentar. Mas voltando á mesa, este ano estamos a pensar fazer pequenos os porta-guardanapos em feltro. Enfim tudo tem um ritual muito nosso que faz com que a noite seja sempre muito especial para todos. E só faltam apenas 13 dias!
Hoje a receita não tendo muito a ver com o natal mas é mesmo assim muito deliciosa, falo-vos de tartezinhas de pêssego:
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Vamos precisar de:
- massa folhada de compra
- Créme de pasteleiro
- pessegos laminados
- amendoa laminada
Cortam-se rectângulos na massa folhada estendida. Barra-se o interior com creme de pasteleiro. Colocam-se os pêssegos e polvilha-se com as amêndoas.Vai ao forno até a massa folhada estar lourinha. Pode barrar-se a fruta com gelatina para que fique mais brilhante. Depois é só fazer um cházinho, sentar, relaxar e apreciar esta delicia.
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Apreciação: É uma sobremesa muito saborosa. A massa folhada casa lindamente com o créme pasteleiro e o pêssego
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Fonte: Já faço este tipo de tarte muito tempo. Embora reconheça que me deu vontade de voltar a fazer quando a vi aqui no blog da Fátima. Tenho é vontade de experimentar com manga como ela sugere ;)

2 comentários:

Anónimo disse...

OLÁ NANDA

HÁ DIAS, CASUALMENTE, DESCOBRI O SEU BLOG, ASSIM COMO OUTROS. TODOS ELES, TÊM COISAS, DELICIOSAMENTE TENTADORAS :):):), MAS O SEU, PARA ALÉM DAS TENTAÇÕES, TEM TBM UMA ALEGRIA E BOA DISPOSIÇÃO CONTAGIANTE QUE NOS DEIXA LOGO BEM PELA MANHÃ.

OBRIGADO PELA SUA BOA DISPOSIÇÃO, E TBM PELA PARTILHA DESSAS COISAS BOAS, EMBORA, ISSO SEJA UM AUTENTICO ATENTADO :):):):):):)

BJS
ANA

ANAILDEFONSO@HOTMAIL.COM

Receitas da Filipa disse...

Estão lindas e parecem deliciosas!
Beijinhos