quinta-feira, 17 de abril de 2008

Strudel da Colher de pau á minha maneira :~)

Falei, falei da primavera e esqueci-me de mencionar algo muito importante... AS ANDORINHAS VOLTARAM!!!! E que alegria trazem com elas! Os seus voos rasantes, leve e alegres não deixam ninguém indiferente. Bem sei que andam meios tristonhas pois o bom tempo teima em voltar... :~( Mas chegaram trazendo o pronuncio de sol. Chegaram nas suas belas vestes negras como se estivessem sempre preparadas para a gala do bom tempo. Quando cerca de 15 anos começamos a restaurar a nossa casa um casal de andorinhas resolveram seguir o nosso exemplo e fazer do nosso coberto a sua casa. Vinham todos os anos, criavam os seus filhos com todo o cuidado e carinho . Os filhotes esses costumavam ficar a olhar para nos curiosos e nos víamos os a crescer a bom ritmo até que começavam a dar seus seus primeiros voos sempre protegidos pelo coberto. Todos apreciávamos a sua companhia acompanhando de perto a evolução de uma nova família a cada ano. Era tema frequente ao jantar: " quantos ovinhos?", "já nasceram!", Viste já têm penas!" "pobres pais não param um segundo, os pequenos são uns esfomeados!!!" "hoje já voaram um pouco!" "viste hoje sairam todos!" " a serio já foram?!..." . Até que uma dia partiam deixando para traz o seu ninho que no ano seguinte seria reparado para estar pronto a receber novos filhotes. cerca de dois anos resolvemos colocar uma porta nesse coberto pois a caldeira de aquecimento cada vez mais velhinha ressentia-se a cada ano mais das correntes de ar deixando de trabalhar como devia. O casal voltou e não achou muita graça a porta fazendo cara feia e partindo em busca de nova moradia. Este ano voltaram e mais uma vez partiram desanimados. Ainda pensamos deixar a porta aberta mas temos o Kiko (o nosso gatinho milagroso, do qual já vos falei) é um exímio caçador e pensamos que afinal talvez não fosse boa ideia deixar os nossos amiguinhos voltar pois o coberto passou a ser a residência oficial do Kiko portanto íamos ter luta pelo território, quem sabe pior caça... Para grande pena nossa lá voltamos a ver o casal de andorinhas partir em busca dum novo lar. Esperamos no entanto que sempre que chegue a primavera nos venham visitar... Nos gastamos sempre muito de os rever.
Tinha no frigorífico algumas folhas de massa filo e umas maças no cesto da fruta um pouco tristonhas por estarem esquecidas e abandonadas. algum tempo visitando uns blogues vi (aqui)esta ideia fantástica, não copiei para os favoritos mas ficou-me na memória. Então juntando o útil ao agradável pensei porque não...
Photobucket
- 5 a 6 folhas de filo
- 7 a 8 maças (eram pequenas)
- Nozes picadas grosseiramente (em vez das passas pois os filhotes não gostam)
- Manteiga derretida
- Açúcar amarelo qb
- Canela a gosto
- Açúcar glace qb
Cozer cerca de 4 maças com um pouco de açúcar amarelo e canela (usei em pau). Quando estiverem macias retirar o pau de canela e reduzir em puré. Descascar o resto das maças e cortar em gomos finos regar com um pouco de sumo de limão para não escurecer. Reservar. Forrar um tabuleiro com papel vegetal. Colocar uma folha de filo e barrar com manteiga, colocar outra folha e barrar e assim sucessivamente até não ter mais folhas. Espalhar muito bem a compota de maças e colocar as maças em gomos. Polvilhar com as nozes e mais um pouco de açúcar amarelo e canela. Enrolar tipo torta fechando bem as pontas, Pincelar a torta com manteiga. Levar ao forno pré-aquecido cerca de meia hora ou até ficar lourinha. Retirar do forno e polvilhar com açúcar glace. Servir morno.
Photobucket
Photobucket
Apreciação: A massa filo e a sua textura estaladiça é inconfundível se lhe juntarmos uma maça macia envolvida numa leve camada de compota perfumada de canela e o crocante das nozes picadas temos uma combinação perfeita digna dos gulosos mais exigentes. Experimentem
Fonte: uma ideia muito original dum blog que gosto muito"as minhas receitas" duma simpática colega de blog. Muito obrigada colher de pau por esta excelente ideia :~)

7 comentários:

DocesCozinhados disse...

Também tenho por lá umas maçãs quase a pedirem para ser despachadas! Não tenho é massa filo mas tenho folhada e deve dar uns folhadinhos deliciosos!

Anónimo disse...

O que é massa filo?...Ah! Santa ignorância! Seja lá o que for, faz uma sobremesa bem apurada. Muitos parabéns pela apresentação, que os olhos também comem (onde é que eu já ouvi isto!). Bjs. Bombom

Marizé disse...

Eu adoro strudel, aliás, sou fã de massa filo adoro o contraste do estaladiço com o cremoso.

Bj e bom fim de semana

Anónimo disse...

Que delicia, tambem não sei o que é massa de filo!!!

Bjs
Carla

Nanda disse...

Meninas,
massa filó é uma massa muito fininha que se usa como outra massa qualquer. Como é muito fininha ha necessidade de usar sempre várias folhas que se colam com manteiga. Compra-se em qualquer supermercado junto ás massas frescas. Experimentem vão ver que não se vão arrepender :~)
Beijinhos
Nanda

monica disse...

Nanda, obrigada pelo lindo comentário que deixou no Pratos e Travessas, gostei muito do seu cantinho tão cheio de coisas boas e de bom gosto, parabéns.Este seu strudel está uma maravilha, eu perco-me por doces com maça. Bjnhos

colher-de-pau disse...

Muito obrigada pelo elogio....
Maçã com canela é uma das melhores coisas!